12 3042-3000
Acompanhe-nos nas redes sociais:
12 3042-3000
Como chegar

Notícias



por página
Exibir:


09/11/2021
Projeção: Ideias sobre o Citroën C4 L que deve chegar ao Brasil
O Novo Citroën C4 L surgiu como uma surpresa na Europa, onde já se imaginava que a marca do duplo chevron não ousaria mais num carro com porta-malas saliente. Agora, sabe-se que ele terá a missão de substituir o Elysée e, pelo visto, também o C4 Lounge na América Latina e o C4L atual na China. Com potencial de atingir mercados como do Irã e Ásia Central, o Novo C4 L já está sendo imaginado por sites e revistas do velho continente. Como se trata de um projeto baseado no atual C4 europeu, que é um crossover, o sedã poderá ser disruptivo. Você já viu aqui uma projeção do Novo C4 L feita por Jonathan Machado, mas agora trazemos outras feitas na Europa com ideias sobre como poderá ser o sedã médio da marca francesa. Uma delas é do site Auto-Moto, que traz o ë-C4 L, a versão elétrica do sedã. Com traseira estendida e grandes vigias laterais, este e:C4 L teria 136 cavalos e 26,5 kgfm com bateria de 50 kWh e autonomia em torno de 320 km. Feito em El Palomar, ele se apoiaria na mecânica da Fiat, ou seja, no GSE 1.3 Turbo. Os espanhóis do Motor.es também imaginam o Novo C4 L com grandes vigias nas colunas C, bem inclinadas sobre a tampa do bagageiro, que não deve ser tão pronunciada. Mencionando o projeto C43, essa projeção feita no fórum Passionnement Citroën, mostra também a traseira com novas lanternas e um visual que vagamente lembra o Citroën Xsara. Feito sobre a plataforma modular CMP, o C4 L de nova geração deverá ter entre 4,50 m e 4,60 m de comprimento, mantendo o entre-eixos de 2,67 m do C4 atual e usando sua gama de motores. Fonte: Notícias Automotivas
Ler mais
30/09/2021
Novo C3 terá família: saiba quais são os outros carros que Citroën lançará
Hoje com apenas um carro de passeio no seu portfólio, o C4 Cactus, a Citroën trabalha para mudar essa situação no Brasil. Além da nova geração do C3, que acaba de ser apresentada e chega ao País no ano que vem, com fabricação em Porto Real (RJ), a montadora francesa prepara mais dois lançamentos para 2022 e 2023, usando a mesma plataforma. Vale lembrar que a base do novo C3 é uma versão mais barata da CMP, a plataforma modular para carros compactos da parte francesa do grupo Stellantis. Na coletiva de lançamento do novo C3, a CEO da marca para o Brasil, Vanessa Castanho, disse que o C4 Cactus ainda estará no mercado por "um bom tempo".  O lado bom para esses próximos produtos, desenvolvidos em parceria com a engenharia da Stellantis na Índia, é que eles vão chegar se beneficiando dos novos motores 1.0 e 1.3 turbo flex. O design lúdico do novo C3 deve estar presente também nos demais modelos da gama, além das cores vibrantes características da Citroën. Fonte: UOL
Ler mais
30/08/2021
Citroen C4 Cactus 2022: Características, Ficha Técnica
O Citroën C4 Cactus 2022 chega ao mercado brasileiro trazendo consigo uma proposta inovadora e incrível de ser o principal produto da marca no segmento de SUV. Assim, o novo carro da marca chega com a ideia de ocupar o lugar que antes era ocupado pelo Aircross, visto que este deixou de ser vendido no Brasil há algum tempo. A nova proposta mostra que este será o carro para os que estão em busca de um SUV de qualidade e que entregue tudo que há de mais moderno no mercado, além é claro, de um design único e incrível que é um diferencial dos modelos da Citröen que preza pela qualidade e beleza dos seus carros. Este modelo que está sendo vendido no Brasil desde já tem a sua produção feita na cidade de Porto Real, no estado do Rio de Janeiro, como havia sido divulgado a respeito anteriormente. O carro é desenvolvido sobre a plataforma PF1, que também é utilizada em outro modelo de carro da empresa, o conhecido Citroën C3 e também do modelo Aircross que agora deu espaço para este novo modelo ao sair do mercado brasileiro. O Citröen C4 Cactus 2022 é muito mais compacto, e conta com 4,17m e 2,60 m entre-eixos. Por mais que seja um modelo muito mais compacto no mercado, este carro tem um porta-malas com uma capacidade de 320 litros, o que garante muito mais conforto para os seus usuários e a oportunidade de transportar muito mais coisas, visto que se trata de um porta-malas espaçoso para ser usado pela família inteira. O novo modelo contará com algumas versões diferentes que estão chegando no mercado agora. A empresa divulgou que as versões serão Live, Feel e Shine e contam com algumas diferenças entre si. A série especial será chamada C-Rip Curl, que é um modelo especial que contará com cinco configurações de conteúdo, outras duas opções diferentes de motor e também tem um detalhe especial, pois conta com uma transmissão automática. Em relação às suas especificações técnicas, como o motor, este modelo da Citröen chega ao mercado com um motor 1.6 VTi, que conta até com 122 cv no manual e 118 cv no automático. Além disso, também tem seis marchas e quatro modos diferentes, o que mostra que para a categoria este é um carro com bastante potência de motor, visto que se trata de um SUV, modelo mais utilizado por famílias, por exemplo. Outro fato importante a ser destacado a respeito deste modelo é que ele consegue chegar a 1.6THP de até 173 cv, indo de 100km/h em cerca de 7.3 segundos, isso levando em consideração o abastecimento do carro com etanol. Além disso, ele tem uma máxima de 212km/h. Entre outros detalhes a respeito do Citröen C4 Cactus é possível destacar a respeito dos ângulos de entrada e saída, de 22° e 32°, respectivamente. Ele conta com uma altura livre do solo de cerca de 22,5 cm, o que mostra uma calibração capaz de conseguir lidar com a dureza das estradas do Brasil, além do fato de que este detalhe pode favorecer também para as pessoas que precisam encarar estradas que não contam nem mesmo com pavimentação, assim, o carro se mostra versátil para o dia a dia de várias pessoas, visto que não tem restrições que o levam a não conseguir desempenhar um bom papel em estradas mais difíceis e complicadas de serem encaradas. Outros detalhes técnicos do Citröen C4 Cactus apontam que o carro conta com multimídia com Android Auto e CarPlay, assim como também tem um painel digital e ar condicionado automático. Mostra-se um modelo extremamente confortável por detalhes como bancos feitos totalmente em couro. Fonte: Carro Bonito
Ler mais
30/07/2021
Citroën terá carros exclusivos para a América Latina
A marca francesa lançará no segundo semestre um novo SUV compacto posicionado abaixo do C4 Cactus. A Stellantis anunciou hoje boas notícias para a Citroën, marca francesa que também faz parte do portfólio do grupo criado depois da fusão entre a PSA (Peugeot-Citroën) e FCA (Fiat Chrysler Automobiles). A maior novidade é que a fabricante terá um novo comando na América do Sul: a brasileira Vanessa Castanho, responsável por lançar o plano “Citroën For All”, que consiste em uma gama de veículos pensados para a América Latina. De acordo com a nova executiva, a nova linha de veículos adaptados ao público sul-americano será acessível e principalmente adaptado à geografia do continente. Em outras palavras, os futuros novos modelos da marca francesa deverão ser melhor preparados para lidar com nosso asfalto lunar (principalmente em relação a suspensão), já que buracos e desníveis são comuns em boa parte do Brasil, entre outros países da América Latina. Dá para apostar também que a marca deverá investir em modelos com bom custo x benefício na região. Atualmente, a Citroën atua em 10 países da América do Sul, estando presente com fábricas no Brasil (em Porto Real, Rio de Janeiro) e Argentina (em El Palomar, Buenos Aires). Além das subsidiárias no Brasil e no país hermano, a marca francesa também está presente através de importadores no Chile, Paraguai, Uruguai, Peru, Colômbia, Equador, Bolívia, incluindo países da América Central como Costa Rica, Guatemala e República Dominicana. A prova dessa renovação da Citroën no Brasil é que a marca tirou de linha em março deste ano os modelos C3, C3 Aircross (ambos com produção em Porto Real) e o C4 Lounge – que teve o anúncio do fim de sua produção (junto dos Peugeot 308 e 408) na Argentina no último dia 16 de junho. Atualmente, no complexo fabril de Porto Real é feito somente o C4 Cactus, enquanto que na fábrica argentina são produzidos os modelos Berlingo, além dos Peugeot 208 e Partner. Vale lembrar que na fábrica fluminense será produzido um modelo inédito, um SUV compacto cujo nome é conhecido apenas por CC21 (mas seu visual já vazou em um modelo em miniatura). Ele será um SUV compacto menor do que o C4 Cactus desenvolvido sobre a moderna plataforma CMP (a mesma do 208) e pensada para mercados emergentes como o da própria América Latina e Índia. O futuro modelo também faria parte de uma família que somaria veículos com carroceria hatch e sedã, ambos também compactos. O lançamento do novo SUV compacto é esperado para o 2º semestre deste ano, ou seja, poderá chegar entre julho e dezembro. Segundo o site Argentina Autoblog, o novo modelo poderá ser batizado de C3 Sporty. Na Índia ele tem até data de lançamento confirmada: em novembro. Assim, podemos esperar também por uma estreia mundial simultânea do novo SUV compacto, que terá produção no Brasil e Índia. Já em testes no Brasil, o modelo conhecido por enquanto como C3 Sporty terá porte próximo de um Honda WR-V, por exemplo, e ainda concorrerá com os futuros Nissan Magnite e Renault Kiger – esperando ainda um inédito carro da Volkswagen. O novo SUV será o modelo responsável pela retomada da marca francesa no Brasil, pois faz alguns bons anos que ela anda apagada por aqui. Por fim, é esperado para o novo carro o motor 1.6 aspirado de 118 cv já conhecido da PSA com câmbio manual de 5 marchas e automático de 6 velocidades. Não dá para descartar também a possibilidade do C3 Sporty ainda ter a opção do motor 1.0 turbo de 120 cv da Fiat/Jeep que vai estrear no novo Fiat Pulse. Mas isso deverá ser decidido estrategicamente pela Stellantis em um segundo momento. “A Citroën é uma marca consolidada na Europa. É a terceira maior marca francesa e possui um plano ambicioso de crescer no cenário internacional. E o que é mais interessante para nós, é que a América do Sul é prioridade dentro dessa estratégia. O Citroën For All é um plano de crescimento para a América do Sul. E este crescimento tem, logicamente, uma gama de produtos adaptados ao consumidor local”, afirma Vanessa Castanho. Formada em administração de empresas e MBA em Gestão Empresarial pela FGV, a executiva responderá pelo desenvolvimento de produtos, desempenho comercial, rentabilidade e imagem nas filiais do Brasil e Argentina, além do desenvolvimento da marca em mais sete países da região e outros três da América Central e Caribe. Fonte: Motor1
Ler mais
09/03/2021
Projeção: Novo Citroën C5 será um crossover misturando sedã, perua e SUV
Enquanto a Peugeot irá apostar novamente nos sedãs com o incrível 508, a Citroën, sua marca-irmã, seguirá um caminho diferente. A marca já iniciou os testes de um carro que irá substituir o finado C5, que saiu de linha em 2017, porém não será um novo sedã, mas sim uma mistura de sedã, perua e SUV em uma única carroceria, além do típico visual excêntrico da empresa. A Citroën fez o mesmo que as outras fabricantes, cada vez mais obcecadas em transformar seus carros em crossovers e SUVs, fazendo com que o novo C5 seja mais alto e tenha apliques de plástico nas caixas de rodas. As projeções do site russo Kolesa utilizam um pouco do que vimos nos flagras para adiantar como deve ser o design do carro. Da frente até a coluna C, o novo C5 parece até um sedã normal, mas a linha do teto cai gentilmente até a traseira para uma tampa do porta-malas bem grande, aumentando a praticidade. Parece um pouco com um cupê, mas longo como uma perua, em uma mistura estranha que a Citroën tentará vender como algo único. Talvez o único carro parecido com isso atualmente seja o Volvo S60 Cross Contry, mas mesmo o modelo sueco é um sedã aventureiro e com uma altura em relação ao solo maior. A terceira geração do C5 usará a mesma plataforma EMP2 de seu antecessor e do C5 Aircross - aquele SUV médio que deveria ter vindo ao Brasil. Em entrevista à revista Auto Express, Laurence Hansen, diretor de produto e estratégia da Citroën, descreveu o veículo como sendo "muito diferente, muito confortável e um grande carro." Também compartilhada com o novo Peugeot 508 e o sedã DS9, a plataforma EMP2 permite eletrificação, então há uma grande chance de que o novo C5 tenha um sistema híbrido plug-in. É possível até que a marca mexa um pouco na arquitetura para que tenha uma variante totalmente elétrica. A apresentação oficial do novo Citroën C5 deve acontecer nos próximos meses, antes do início das vendas previsto para o final do ano. Enquanto o C5 anterior teve uma versão perua, o sucessor deve ter somente uma carroceria já que está misturando os elementos de diversos carros. A Citroën já mencionou que fará uma variante chinesa levemente alterada, para atender aos gostos locais. Fonte: Motor 1
Ler mais
08/02/2021
Novo SUV da Citroën será lançado no Brasil no segundo semestre de 2021
A fábrica da Peugeot e Citroën de Porto Real (RJ) está comemorando 20 anos de operação. Desde 2019, a fábrica está sendo atualizada para a produção de modelos na plataforma CMP, a mesma do Peugeot 208 produzido na Argentina, e os efeitos deste investimento de R$ 220 milhões começarão a ser vistos no segundo semestre deste ano.  No comunicado de celebração dos 20 anos da fábrica, a Stellantis (união de FCA e PSA concretizada em 2021) anunciou que "o primeiro modelo da nova família produzido em Porto Real será lançado no segundo semestre deste ano". A nova família citada é da Citroën, de modelos desenvolvidos para mercados emergentes, como Índia e Brasil, e o primeiro deverá ser um SUV pequeno chamado até então de C3 Sporty.  O SUV já roda em testes no Brasil. Na Índia, tem até data de lançamento: em novembro. Podemos esperar uma apresentação praticamente simultânea nos dois países que produzirão o modelo que terá menos de 4 metros de comprimento, uma exigência no mercado indiano para entrar em uma alíquota menor de impostos. Por aqui, se posicionará abaixo do Citroën C4 Cactus com um porte de Honda WR-V e esperando concorrentes como o Nissan Magnite e o Renault Kiger, além de um provável modelo da Volkswagen.  O projeto "Smart Car" ainda inclui um hatch e um sedã, mas estes ainda não foram vistos em testes. É uma retomada da marca francesa que anda apagada no Brasil. Sobre o C3 Sporty (ou seja lá qual for o nome que será utilizado), deverá ter o motor 1.6 aspirado já conhecido da PSA com câmbio manual de 5 marchas e automático de 6 marchas - ainda é cedo para ver os Firefly da Fiat/Jeep nesses modelos, a não ser que alguma surpresa aconteça. A informação chega em um momento importante para a fábrica de Porto Real (RJ). Com a Stellantis, ainda não se sabia como ficaria a operação da planta ou sobre os planos da Peugeot e Citroën, que vivem um momento turbulento no país, com poucos modelos disponíveis nas lojas e vendas em baixa.   Fonte: Motor1
Ler mais
04/01/2021
Novo Citroën C3 é flagrado no Brasil e vai virar mini SUV
Novo Citroën C3 é flagrado no Brasil e vai virar mini SUV Em meados do ano passado, o novo Citroën C3 foi flagrado na Índia. Agora, o modelo já roda pelo Brasil. Ainda sob forte camuflagem, o veículo foi clicado por Geraldo Carlos Francisco, seguidor do perfil Gessner Motors, do Instagram, enquanto trafegava pelas ruas de  Barra Mansa (Rio de Janeiro), bem pertinho da fábrica da PSA, que fica em Porto Real. Essa é uma das plantas que produzirá o modelo, que utiliza a plataforma CMP simplificada, nova base modular da marca. Seu desenho, no entanto, ainda é totalmente desconhecido, mas deverá se parecer com um SUV pequeno. Com intenção de lançamento ainda no primeiro semestre, o novo C3, assim como o Peugeot 208, além de plataforma, divide motorização. Informações apontam que o Citroën também fará uso do 1.6 aspirado de 118 cv que equipa seu “primo”. No futuro, acredita-se que os motores turbo Firefly – fruto da fusão com a FCA – também farão parte da gama. Mas, também a exemplo do 208, o C3 não deve ficar apenas com motores a combustão. Há indícios que o mini SUV terá versões elétricas, com potência em torno de 134 cv. A alimentação por bateria de 50 kWh deve render autonomia máxima de 330 km. Desenho O hatch do Projeto CC21, que dará origem ao novo Citroën C3, tem traços diferentes do modelo atual. Em síntese, sai de cena o abuso de linhas curvas e entram as formas retilíneas. Com tamanho inferior a 4 metros no comprimento, o novo C3, contudo, deve enfrentar modelos do naipe de Nissan Magnite, que será feito na planta fluminense de Resende. Pelo pouco que se pode notar, ele tem traseira alta e conjunto óptico em dois níveis (como mostra o flagra indiano, abaixo), à lá C4 Cactus, Fiat Toro e companhia. C3 também em versão sedã Sem muito sucesso no Brasil, o C3 quer arrebentar em 2021. Para isso, além de virar um SUV pequeno, terá, também, versão sedã compacto. A Citroën, inclusive, já registrou a patente do modelo no INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial). A ideia é concorrer com Chevrolet Onix Plus e Volkswagen Virtus, por exemplo. Seus predicados são o amplo porta-malas de 627 litros e o motor 1.2 turbo de até 115 cv. Chamado na China (onde já é vendido) de C3L, o modelo foi desenvolvido com base no crossover C3-XR. A joint-venture Dongfeng Peugeot-Citroën utiliza a velha conhecida plataforma PF1/BVH1 do C3, Aircross e Cactus para produzir os dois veículos. Dessa maneira, esse é um impasse para a chegada do três-volumes. Afinal, em julho, a PSA havia anunciado investimento de R$ 220 milhões para introduzir a nova plataforma na fábrica e, assim, garantir a produção do Peugeot 208. Fonte: Jornal do Carro
Ler mais
09/10/2020
Citroën C4 Cactus ganha edição especial C-Series
A Citroën lançou a edição especial C-Series do C4 Cactus. Feito em Porto Real (RJ), o modelo – que acaba de deixar a Europa – tem preço sugerido de R$ 99.990 na nova configuração, que tem como base a versão Feel. Já disponível na rede de concessionárias da marca, o C-Series tem como destaques capas dos retrovisores, molduras dos faróis de neblina e air bumps das portas dianteiras pintadas em tom vermelho. O emblema da C-Series vem colado nas portas dianteiras e na tampa do porta-malas. Rodas (de 17 polegadas) e rack de teto flutuante vêm na cor preta. O miolo das rodas, aliás, tem detalhe em vermelho. Interior do C4 Cactus C-Series A paleta de cores para a carroceria do novato oferece as opções branco banquise e cinza grafito. O teto é sempre em preto. Tem ainda um exclusivo jogo de tapetes personalizados, confeccionado em carpete, que leva o nome da série especial. Assim como a lista de equipamentos, que não ganha nada de diferente, o C4 Cactus C-Series vem com o mesmo motor 1.6 aspirado flex de 118 cv de potência máxima. O câmbio é automático de seis marchas. No pacote de itens da edição especial estão central multimídia com tela touch screen de 7” e conectividade com Apple Car Play e Android Auto. Tem também ar-condicionado digital, câmera de ré, controle de estabilidade e assistente de partida em rampa. Os air bags são apenas frontais. Vidros elétricos one touch (subida e descida) e monitoramento de pressão dos pneus também estão disponíveis. Fonte: Jornal do Carro
Ler mais
10/09/2020
Citroën Jumpy ganha versão com vidros laterais
Chamada de ‘Vitré’, nova configuração visa facilitar a transformação do utilitário para passageiros A Citroën lança uma nova versão do furgão Jumpy, por R$ 138.290. Chamada de Vitré, traz de fábrica vidros laterais a fim de facilitar a conversão futura para passageiros ou outra aplicação específica. No compartimento de carga, o Jumpy Vitré teve o acabamento remodelado e alguns itens suprimidos para facilitar o serviço de transformação, como o separador inferior de cabine. Com  de 5,30 comprimento externo e 1,94 m de altura, o utilitário possui 6,1m³ de volume na área de carga. A capacidade de carga total é de 1.500 kg. O modelo mantém o motor 1.6 BlueHDi Diesel de 115 cv de potência e 30 kgfm de torque, sempre acoplado a um câmbio manual de seis marchas. De série, o modelo traz controle de estabilidade, alerta de fadiga do motorista, freios a disco nas quatro rodas, assistente de saída em rampas, ar-condicionado, controle de cruzeiro, limitador de velocidade, computador de bordo, volante ajustável em altura e distância e direção com assistência eletro-hidráulica. As versões Jumpy Furgão Pack (R$ 133.790) e Jumpy Minibus (R$ 165.390), com capacidade para 11 pessoas, continuam em linha. Fonte: Revista Carro
Ler mais
10/07/2020
Citroën C4 ganha visual ousado, versão elétrica e suspensão hidráulica
A Citroën revelou todos os detalhes da nova geração do C4, que ganha uma configuração 100% elétrica, visual ousado e sistema de suspensão com batentes hidráulicos. Há menos de um mês, a marca apresentou as primeiras imagens do modelo. Embora tenha traços robustos, dianteira alta e grande quantidade de plásticos sem pintura na base da carroceria, o novo C4 é classificado pela marca como um hatch, não como um SUV. "Após a ofensiva bem-sucedida do SUV com o lançamento de C3 Aircross e C5 Aircross (...) a Citroën está pronta para a próxima etapa na implementação de sua estratégia de produtos, concentrando-se firmemente no mercado hatchback", disse em comunicado. Gasolina, diesel ou eletricidade O destaque da nova geração é a configuração 100% elétrica, batizada de ë-C4, equipada com um motor de 138 cavalos de potência e 26,5 kgfm de torque. A energia vem de uma bateria de alta tensão de 50 kWh. A bateria pode ser recarregada em uma tomada convencional doméstica, em postos de recarga públicos (80% da carga é feita em 30 minutos) ou pelo wallbox, uma estação instalada na casa do proprietário, que pode levar até 7h30 para uma recarga completa. Entre as demais motorizações estão 5 opções a gasolina, que variam com câmbios manuais e automáticos de seis marchas, e outras 2 a diesel, também com as duas variações de transmissão. Seguindo o "irmão" maior C5 Aircross, o modelo terá o sistema de suspensão Progressive Hydraulic Cushions, que promete maior conforto ao rodar. Segundo a Citroën, a tecnologia produz um efeito de se estar "deslizando sobre um terreno irregular". Com batentes hidráulicos de atuação progressiva, em movimentos mais suaves apenas as molas e os amortecedores trabalham. Já em situações de maior exigência, os batentes absorvem e dissipam a energia. Tecnológico Tecnologia também é uma palavra de ordem para o novo C4. Entre os itens que ele pode oferecer estão faróis e lanternas de LED, para-brisa, volante e bancos com aquecimento, frenagem automática de emergência, alerta de risco de colisão, frenagem pós-colisão e monitoramento de pontos cegos. Há também assistente de permanência na faixa, piloto automático adaptativo, alerta de fadiga e atenção do motorista, faróis altos automáticos, leitura de placas de trânsito, carregador sem fio de smartphones, câmera 360° para estacionamento, assistente de partida em rampas e central multimídia com Android Auto e Apple Carplay, tela de 10 polegadas e 16 Gb de memória interna. Inspiração visual ousada Com traços ousados e polêmicos, o modelo resgata a essência de carros mais antigos da francesa, que diz ter se inspirado em modelos como Ami 6, Ami 8, BX, ZX, Xsara, C4 VTR e C4 Cactus. De acordo com a marca, são 31 combinações externas e 6 opções para o interior. A dianteira tem os LEDs superiores ligados à grade, enquanto os grandes faróis principais ficam logo abaixo e têm formato parecido com o de uma gota. A grade tem a trama diagonal, em alusão ao duplo chevron do logo da Citroën. As rodas variam entre 16 e 18 polegadas. Por causa da caída do teto suave, que remete a um cupê, o novo C4 tem a traseira alta. As lanternas têm formato irregular e um filete de LEDs sobreposto, que dá aparência mais agressiva. O vidro traseiro é dividido em duas partes pelo aerofólio, como no C4 VTR de 2004. Por dentro, o francês reserva uma mistura de materiais e texturas, com destaque para os três visores: o quadro de instrumentos digital, o head-up display e a central multimídia com efeito "flutuante". Seja nas versões a combustão ou na elétrica, a ausência de uma alavanca de câmbio abre espaço no console central. Os comandos da transmissão são feitos por botões. Fonte: Auto Esporte
Ler mais

Anterior
Próximo
1 / 5
Citroën
Vendas
Rua Antônio Joaquim de Alvarenga, 105
Jd Satélite – SJCampos – SP
Citroën
Oficina
Rua Mario Alves de Almeida, 66
Jd Satélite – SJCampos – SP
Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao navegar em nosso site, você concorda com tal monitoramento. Para mais informações, consulte a nossa política de privacidade.
Saiba mais
Estou de acordo